oscilador

Em eletrónica, um oscilador consiste num circuito que converte a corrente contínua em alterna, com uma frequência muito superior à que é possível atingir com um alternador convencional.
Um oscilador é constituído essencialmente por um elemento passivo que determina a frequência de oscilação (como, por exemplo, um circuito ressonante ou um cristal piezelétrico) e um elemento ativo que fornece a energia necessária para compensar o amortecimento do sinal, devido à resistência elétrica do circuito (por exemplo, um transístor ou um sistema de realimentação positiva), o qual mantém as oscilações no circuito.
Existem dois sistemas básicos de osciladores: os harmónicos ou sinusoidais, que geram ondas sinusoidais, e os de relaxação, que dão origem a ondas de forma não sinusoidal (retangulares, em dente de serra, entre outras).
Em física, um oscilador consiste no dispositivo de um reator nuclear que produz variações periódicas de reatividade. As referidas variações produzem-se mediante o deslocamento de elementos combustíveis ou de absorventes.
Como referenciar: oscilador in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-30 09:46:04]. Disponível na Internet: