Osip Mandelstam

Poeta russo de ascendência judaica, nasceu em 1891, em Varsóvia (na época, parte do império russo), e faleceu em 1939. No seu método simbólico e mítico, cultivou uma linguagem convencional e hermética, e usou, como técnica, os recursos de um classicismo formal, cujo valor espiritual e evocativo enalteceu.
No decurso da década de 1920, foi, repetidamente, acusado de estar desajustado relativamente à nova era soviética, situação que o levaria posteriormente à prisão.
De entre as suas obras, destacam-se: Poemas, Tristia e a coleção de contos intitulada O Ruído da Época.
Como referenciar: Osip Mandelstam in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-27 14:10:15]. Disponível na Internet: