ostensório

O ostensório é uma peça utilizada no rito católico cujo nome deriva da função de exibir a hóstia sagrada (em latim, ostendere).
É formado por uma pequena caixa em vidro de forma circular, paralelipipédica ou cilíndrica, onde se encaixa a hóstia consagrada (por vezes num suporte feito em ouro e em forma de meia lua, chamado "luneta"), com um pé para pousar usualmente na mesa de altar ou no topo do trono de um retábulo. A forma basilar (que se tornou mais ou menos fixa no século XV, apesar de ter havido variações estéticas ao longo dos tempos) evoluiu da dos cibórios e dos relicários (recipientes para guardar objetos sagrados), aos quais de juntou um pedestal para melhor serem vistos. Os materiais de que os ostensórios são feitos são normalmente ouro, prata e prata dourada – frequentemente com combinações destes materiais – e em casos raros, madeira dourada. Os ostensórios podem ser mais ou menos trabalhados, atingindo alguns extrema beleza no entalhe e na decoração de motivos religiosos.
Estes objetos adquirem especial relevância litúrgica na cerimónia das Quarenta Horas (exposição do SS Sacramento durante 40 horas) e nas procissões, particularmente nas do Santíssimo Sacramento.
O ostensório é o símbolo de Santa Clara e, por conseguinte, das Clarissas, que possuem uma representação do mesmo, em dourado, na parte frontal dos hábitos.
Como referenciar: ostensório in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-22 17:36:51]. Disponível na Internet: