Osvaldo Osório

Escritor cabo-verdiano, Osvaldo Osório, pseudónimo de Osvaldo Alcântara Medina Custódio, nasceu em 1937, no Mindelo (Cabo Verde).
Fez os estudos secundários e o seminário em Nazareno. Exerceu várias funções profissionais, como trabalhador de rádio, funcionário público, empregado de comércio, presidente da União dos Sindicatos, diretor do "Suplemento de Poesia dos Anos 80", Voz di Povo, cofundador da página de cultura Seló, onde iniciou a sua atividade como poeta e prosador.
Em consequência das suas atividades políticas, estreitamente ligadas às ações culturais durante o regime de Salazar, Osvaldo Osório foi preso por duas vezes.
Da sua produção literária, salienta-se os poemas de luta Caboverdeamadamente Construção Meu Amor (1975), Cântico do habitante. Precedido de Duas Gestas (1977), a peça de teatro Gervásio (1977), e o romance Desde as Portas de Roterdão (ainda por publicar). Colaborou, ainda em publicações diversas, como Seló, Alerta, Vértice, Notícias de Cabo Verde e Raízes. A sua obra encontra-se também em várias antologias de literatura africana.
Como referenciar: Osvaldo Osório in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 10:23:17]. Disponível na Internet: