Ouagadougou


Aspetos Geográficos
Capital e maior cidade do Burkina Faso, Ouagadougou situa-se num planalto da zona central do país. O seu clima é quente, possuindo uma estação chuvosa que vai de maio a outubro. Encontra-se dividida em cinco distritos. Possui cerca de 1 milhão de habitantes (2006).

História e Monumentos As origens da cidade remontam ao século XV, quando a região era habitada por duas tribos que viviam em conflito até que o líder da tribo Yonyonse tomou conta do local e lhe deu o nome de Wogodogo. A cidade cresceu em torno do palácio imperial de Mogho Naba. Foi o centro do estado Mossi no século XV e foi ocupada pelos franceses em 1896. Tornou-se capital em 1954, ano em que ficou ligada por linha-férrea a Abidjan, capital da Costa do Marfim. Em 1960, ganhou a independência de França, numa altura em que o país se chamava Alto-Volta. Sendo um centro administrativo sob poder colonial, tornou-se um importante centro urbano na era pós-colonial.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
Capital do povo Mossi desde o século XV, a cidade apresenta simultaneamente influências africanas e francesas. Os seus edifícios de maior interesse, para além do Palácio de Mogho Naba, incluem uma catedral neorromântica e a residência do antigo governador francês. Recentemente, foi construído um enorme estádio desportivo. As atrações turísticas são limitadas, mas ainda assim merece destaque o Bois de Boulogne, uma das poucas áreas arborizadas do país, que ficou com o mesmo nome do famoso parque parisiense. Possui também diversos cinemas, bares e restaurantes, assim como alguns centros culturais. Merecem ainda destaque o Museu Nacional do Burkina Faso, o Museu Nacional de Música e alguns mercados de artesanato. Os cidadãos locais preferem deslocar-se de moto ou bicicleta (mais recentemente, também de carro) do que nos transportes públicos.


Economia
É o centro administrativo, cultural e económico do país. As suas principais indústrias são os têxteis e os produtos agroalimentares. É servido por um aeroporto internacional. Acolhe também alguns eventos que dinamizam a sua economia, como por exemplo a Feira Internacional de Arte e Artesanato ou o Festival Pan-Africano de Cinema e Televisão.
Como referenciar: Ouagadougou in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-17 09:19:00]. Disponível na Internet: