Ozzy Osbourne

Cantor inglês nascido a 3 de dezembro de 1948, em Birmingham. John Michael Osbourne começou a sua carreira nos finais da década de 60 do século XX, com a formação da banda Black Sabbath. O despedimento dos Sabbath, em 1978, foi motivo suficiente para que, logo de seguida, formasse os The Blizzard of Ozz, juntamente com Bob Daisley, Lee Kerslake e Randy Rhoads. O disco de estreia, Blizzard of Ozz, lançado em 1981, alcançou o sétimo lugar na tabela britânica, ainda antes da saída de Lee e de Bob Daisley, para as entradas de Tommy Aldridge e Rudy Sarzo. A curta carreira junto da nova banda foi, pouco depois, ensombrada por uma movimentação menos feliz de Osbourne em palco, quando arrancou à dentada a cabeça de um morcego que pensou ser um boneco. O fenómeno foi motivo suficiente para que associações de defesa dos animais se insurgissem contra Ozzy, que pouco depois sofreu novo revés ao perder o guitarrista Randy Rhoads, morto num acidente de viação, durante a digressão promocional do álbum Diary Of A Madman.
Em 1983 lançaram o álbum Speak Of The Devil, ainda antes da assinatura de um contrato com a editora Epic Records. A saída do álbum de estreia com o novo catálogo ocorreu em 1984. Bark At The Moon conquistou um êxito considerável e Ozzy partiu então numa digressão promocional ao lado dos Mötley Crüe. Um novo triunfo surgiu passados dois anos, com o trabalho Ultimate Sin. Osbourne viu-se, pouco depois, envolvido em nova polémica, desta feita devido a supostas mensagens que seriam verdadeiros convites ao suicídio, constantes na faixa "Suicide Solution" do primeiro álbum, Blizzard Of Ozz. O vocalista refutou veementemente as acusações e explicou que o tema se relacionava somente com o problema do alcoolismo. Em 1987, o álbum Tribute, gravado ao vivo, e, um ano depois, No Rest for the Wicked, um novo conjunto de originais, ajudaram Ozzy a reconquistar a popularidade. No More Tears, editado em 1991, trouxe novos ganhos a Osbourne e o tema "I Don't Wanna Change The World" ganhou o Grammy para o melhor tema de metal do ano. O anúncio do fim da carreira de Ozzy, feito em 1993, acabou por não concretizar-se e, em 1995, saiu Ozzmosis, um álbum que vendeu mais de três milhões de cópias. A criação do Ozzfest, um festival rock itinerante que incluiu a presença de Ozzy e de outras bandas, como os Pantera ou Marilyn Manson (que participaram em 1997), foi uma das mais celebrizadas iniciativas de Osbourne. A reunião com os Black Sabbath, em 1998, acabou por resultar num álbum ao vivo, intitulado Reunion. O regresso a solo de Ozzy aconteceu em 2001 com o álbum Down to Earth, cujo período de composição foi altamente influenciado pela vida na estrada com os Black Sabbath. No ano seguinte, foi editado em formato disco o registo do concerto do dia 15 de fevereiro de 2002, em Tóquio, Live at the Budokan.
No mesmo ano, Ozzy recebe um convite (que prontamente aceitou) por parte da MTV para "expor" a sua peculiar família num reality show. Depressa o programa "The Osbournes" se torna num enorme êxito, alcançando índices de audiências nunca esperados e catapultando para o estrelato toda a família Osbourne.
Nos últimos anos, os principais álbuns de Ozzy têm sido re-editados, com algumas faixas extra. Além desses lançamentos, a Sony optou por editar uma compilação dos grandes êxitos de Ozzy, em mais um título da coleção The Essential (2003). Apesar de não editar um álbum de originais há alguns anos, Ozzy tem estado particularmente ativo, colaborando com outros artistas como os Coal Chamber, os Motorhead, os Pantera, a sua filha Kelly, Rob Zombie e Black Label Society. Ozzy Osbourne é visto como um dos principais nomes do heavy-metal atual, servindo de infuência a muitos dos projetos atuais deste tipo de sonoridades.
Como referenciar: Ozzy Osbourne in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-17 20:03:09]. Disponível na Internet: