Palestina

Região do Médio Oriente, também conhecida por Judeia e Terra Santa, encontra-se historicamente ligada às religiões judaica, cristã e islâmica. Estende-se desde o mar Mediterrâneo (incluindo a costa de Gaza), a oeste, até ao rio Jordão, no extremo leste; faz fronteira com Israel e com o Líbano a norte, tendo ao sul o golfo de Aqaba.
Durante o século XX, esta zona foi sendo alvo de numerosos conflitos entre judeus e árabes. O Reino Unido administrou o território desde o fim da Primeira Guerra Mundial até 1948, ano em que a formação do Estado israelita provocou um êxodo de muitos palestinianos árabes para os países vizinhos. Os árabes têm-se recusado a aceitar um estado judaico na Palestina, onde eles há séculos constituíam a maioria da população (hoje são cerca de um milhão). Desde 1948 que os Palestinianos vêm lutando pelo direito a constituir um estado independente. Nessa luta, a Organização de Libertação da Palestina (OLP), sob a direção de Yasser Arafat até 2004 (ano da sua morte), tem desempenhado um papel de relevo, que a comunidade internacional foi progressivamente reconhecendo. Em 1993 foi possível a Arafat chegar a um acordo com os líderes políticos de Israel que concedia um estatuto de autonomia relativa ao território palestiniano e foi criada a Autoridade Nacional Palestiniana, que representa a formalização institucional do Estado independente da Palestina. Nem por isso, porém, a situação na Palestina ficou pacificada, pois são ainda frequentes as cenas de violência nas ruas.
A 29 de novembro, comemora-se o Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino.
Como referenciar: Palestina in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-16 14:09:38]. Disponível na Internet: