Paredes

Aspetos Geográficos
O concelho de Paredes, do distrito do Porto, está incluído na Região Norte (NUT II), no Tâmega (NUT III) e localiza-se na margem direita do rio Sousa, sendo no vale deste rio que se localiza grande parte do território do concelho. O rio Ferreira limita o concelho de norte para poente. Os seus solos férteis representam uma das suas características que, juntamente com a amenidade do clima e abundância de água, reúnem condições ótimas para a prática da agricultura. O concelho tem demonstrado uma tendência de crescimento demográfico.
Dista aproximadamente 24 km para este da cidade do Porto.
Confina com os concelhos de Paços de Ferreira e Lousada a norte, Penafiel a este, Gondomar e Valongo a oeste e Gondomar a sudoeste.
Numa área de 156,3 km2, distribuem-se 24 freguesias: Aguiar de Sousa, Astromil, Baltar, Beire, Besteiros, Bitarães, Castelões de Cepeda, Cete, Cristelo, Duas Igrejas, Gandra, Gondalães, Lordelo, Louredo, Madalena, Mouriz, Parada de Todeia, Rebordosa, Recarei, Sobreira, Sabrosa, Vandoma, Vila Cova de Carros e Vilela.
Em 2005, o concelho apresentava 84 780 habitantes.
O natural ou habitante de Paredes denomina-se paredense.
História e Monumentos
O povoamento do território que corresponde hoje a Paredes antecede o período de ocupação romana.
O concelho foi criado em 1836.
Do seu património destacam-se o mosteiro de Cete, fundado no século X e reconstruído no século XI; o pelourinho e a ponte romana sobre o rio Sousa.
Tradições, Lendas e Curiosidades
No dia 2 de maio realiza-se a feira de gado cavalar. Em Recarei realizam-se feiras aos dias 6 e 14. Em Bitarães, a 8 e 24. E em Cete, nos dias 7 e 23.
Nas romarias destacam-se a da Nossa Senhora do Salto no primeiro domingo de maio; a Festa do Divino Salvador no terceiro domingo de julho; a festa de Santa Marinha em junho; a da Senhora dos Remédios em junho; a de S. Pedro também em junho; a festa da Senhora das Necessidades em agosto; a de S. Domingos no primeiro domingo de agosto; a de S. Luís em setembro e a da Senhora dos Chãos em setembro.
O feriado municipal é no dia 20 de junho.
O artesanato é composto pela tecelagem, feita em teares de tecelagem manual, talha, peças de mobiliário e cestaria.
Economia
A indústria de mobiliário apresenta-se como um dos setores mais dinâmicos da economia do concelho. Ao setor secundário junta-se ainda a construção civil, a indústria têxtil e de confeções e a indústria alimentar. Nos férteis solos do concelho produzem-se legumes, hortaliças, batata, milho, frutas e vinho verde. Referência ainda para a pecuária, nomeadamente para a criação de gado bovino. A atmosfera rural que caracteriza muitas das suas freguesias confere ao concelho fortes potencialidades para um maior desenvolvimento do turismo.
Como referenciar: Paredes in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-05-17 04:20:54]. Disponível na Internet: