Paris Saint-Germain

Clube francês fundado a 12 de agosto de 1970, na sequência da iniciativa de cerca de vinte mil adeptos de futebol que queriam que Paris tivesse uma grande equipa de futebol.
Para dar início ao projeto foi feita uma parceria com o clube Saint-Germain-en-Laye, que em 1970 subiu à II Divisão francesa.
Logo na época de estreia, o novo clube, chamado Paris Saint-Germain (PSG), ganhou o campeonato da II Divisão, assim subindo ao primeiro escalão. Jogava na equipa o português Fernando Cruz.
Na sua primeira temporada na I Divisão (1971/72) o clube ficou em 16.º, num ano marcado pelas divisões internas entre jogadores amadores e profissionais. Estes problemas levaram a que se desse uma cisão no clube em maio de 1972, entre os parisienses e os de Saint-Germain, dos arredores da capital francesa. Estes últimos aliaram-se ao CA Montreuil e permaneceram na I Divisão com a designação Paris FC. Os parisienses mantiveram o nome Paris Saint-Germain, mas com o estatuto de equipa amadora, sendo relegados para a III Divisão.
Em 1973 o clube tornou-se profissional e na temporada 73/74 ascendeu de novo à I Divisão, no ano em que o Paris FC desceu à II.
Ao longo dos anos começou a ocupar regularmente os lugares cimeiros do campeonato francês e o primeiro título surgiu em maio de 1982 com a conquista da Taça de França. O PSG bateu na final o AS Saint-Etienne, repetindo a proeza na temporada seguinte, mas desta vez contra o Nantes.
O campeonato francês foi conquistado pela primeira vez em 1985/86, graças a uma equipa onde alinhavam estrelas como o guarda-redes Joel Bats, Susic, Fernandez e Rocheteau.
1991 foi um ano marcante para o clube de Paris, que passou a ser patrocinado pelo canal privado de televisão Canal+ e a ter como administrador-delegado Michel Denisot. Foram feitos grandes investimentos no clube, que passou a ser treinado pelo português Artur Jorge. O projeto previa a reconquista do título em três anos e este foi mesmo ganho em 1993/1994. A equipa era composta por jogadores como os brasileiros Raí, Valdo e Ricardo, o liberano Weah e o francês Ginola.
Em 1996, já com a equipa a ser treinada pelo antigo jogador do clube Luís Fernandez, o PSG conquistou a Taça das Taças, ao bater na final o Rapid de Viena da Áustria por 1-0. Foi a primeira vez que uma equipa francesa venceu uma competição europeia de clubes.
A partir daí o clube entrou numa fase menos boa, apesar de ter feito grandes investimentos na compra de jogadores de nomeada. O avançado português Pauleta foi a grande contratação para a temporada 2003/2004.
Como referenciar: Porto Editora – Paris Saint-Germain na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-21 15:51:51]. Disponível em