Pé Grande

Pé Grande, Bigfoot ou Sasquatch são as designações porque é mais conhecida uma enorme criatura que se presume viver nas zonas selvagens quer dos Estados Unidos, mais especificamente na região dos Grandes Lagos, nas Montanhas Rochosas, nas áreas de floresta do Noroeste quer do Canadá, mais propriamente na Colúmbia Britânica.

O Pé Grande tornou-se uma das figuras mais famosas da criptozoologia, ou mesmo uma dos seus enigmas mais polémicos. Os primeiros relatos remontam a 1924, aludindo a macacos-gigantes avistados nas áreas de floresta do estado norte-americano de Washington, no Noroeste, numa zona conhecida como "Ape Canyon". No entanto, o fenómeno repetiu-se nos finais da década de 50 do século XX, quando grandes pegadas foram descobertas em Humboldt County, Califórnia, mais a sul em relação aos pretensos avistamentos de 1924. Além destes dois conjuntos de relatos, surgem muitos outros nas regiões já referidas, sempre na parte setentrional dos EUA ou em terras canadianas adjacentes.
O seu aspeto físico apresenta uma cabeça pequena, baixa e pontiaguda, como se fosse um obus. Os olhos são também pequenos, como que dissimulados, com uma fronte muito pronunciada, o que confere uma aparência simiesca à criatura. Apresenta o corpo coberto de denso e grosso pelo, exceto nas mãos e pés, que são também idênticos aos primatas. As pretensas pegadas deixadas por esta criatura têm também grandes semelhanças às pegadas humanas, mas em maiores proporções, o que está também na origem do nome: com efeito, a acreditar nos avistamentos, esta criatura tem medidas de pés na ordem dos 38 a 45 cm.

Como tantas outras criaturas enigmáticas, traz associado um odor característico, muito intenso, como se fosse o de um ser humano mas de forma muito acentuada e natural, cheiro este que o identifica facilmente, a acreditar nos testemunhos de quem o "viu".

A maior parte dos seus "avistamentos" ocorreu durante a noite, o que tem gerado especulações de que o Pé Grande seja uma criatura noturna, havendo até relatos de que os seus olhos "brilham no escuro", tal como os felinos e outros animais noturnos.
Verdadeiro ou não, o Pé Grande tornou-se numa figura conhecida no mundo inteiro, principalmente depois dos programas televisivos de Arthur C. Clarke, cientista e literato dedicado a este tipo de enigmas. Graças a ele e a vários documentários e relatos, o nome "Pé Grande" (Bigfoot) é na atualidade facilmente assimilado pela maioria das pessoas. Muitos escreveram sobre o tema, muitos foram os pontos de vista, desde especulações até estudos sérios, mas nada se provou acerca do "animal", que muitos comparam ao himalaico Yeti, ou Abominável Homem das Neves.

Porém, muitos consideram existir uma boa dose de realidade no "mito", associando diferentes artefactos de tribos nativas da América do Norte à pretensa existência do Pé Grande, como máscaras de madeira que representam uma espécie de macaco com características parecidas com as do Sasquatch, por exemplo. Mas para muitos cientistas, no entanto, nenhuma destas peças ou relatos prova a existência da criatura. O facto de nunca se terem encontrado cadáveres nem ossadas destes "animais", sustenta também as dúvidas e apreensões quanto à sua existência.
Como referenciar: Pé Grande in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-12 06:22:47]. Disponível na Internet: