Pedro Almodóvar

Cineasta espanhol, Pedro Almodóvar Caballero nasceu a 24 de setembro de 1949, em Calzada de Calatrava. Nos seus filmes, os códigos cinematográficos fundem-se, relativizando-se e autodenunciando parodicamente as suas convenções sem, porém, deixarem de se cumprir. Daqui resultam objetos capazes de suscitar um desconforto subliminar frequentemente traduzido naquele riso que, segundo Bergson, quando examinado mais de perto, revela uma certa dose de amargura, tal como a espuma do mar. Trata-se, no fundo, de unir o trágico e o cómico, o sexo e a morte para desmascarar as pulsões humanas fundamentais. A paródia e o riso subsequente são apenas mecanismos desse desmascaramento que parte de personagens em crise de identidade em face da sobreposição de imagens que nelas se opera. São geralmente personagens relacionadas com a televisão, o cinema, o teatro ou a literatura, vestidas e rodeadas por cores explosivas que sublinham a risibilidade trágica da sua solidão radicalmente incapaz de fazer coincidir o prazer e o desejo, em filmes como Matador (1986), La Ley Del Deseo (A Lei do Desejo, 1987), Mujeres Al Borde de un Ataque de Nervios (Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos, 1988), Atame! (Ata-me, 1990), Tacones Lejanos (Saltos Altos, 1991), Kika (1993), La Flor Del Mi Secreto ( A Flor do Meu Segredo, 1995) e Carne Trémula (Em Carne Viva, 1997). Em 1988, este cineasta foi reconhecido como a jovem revelação, com o seu filme Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos, nos então estreantes Grandes Prémios do Cinema Europeu 2006, atribuídos pela Academia Europeia de Cinema em Berlim. Onze anos depois, volta a ser distinguido pela Academia com o seu filme Todo Sobre Mi Madre (Tudo Sobre a Minha Mãe, 1999), filme que foi galardoado com o Prémio para o Melhor Filme e que proporcionou à atriz Cecilia Roth, a protagonista, o Prémio para a Melhor Atriz. O filme foi ainda distinguido pela Academia de Hollywood com o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro. Almodóvar receberia novo Óscar em 2003, desta vez para o Melhor Argumento Original, por Fala com Ela (Hable con Ella, 2002). Em 2004, realizou La Mala Educación (Má Educação,) e, em 2006, Volver, com Penélope Cruz, Carmen Maura e Lola Dueñas, que venceu várias categorias dos Prémios Europeus de Cinema, o de melhor atriz (Penélope Cruz), o de melhor fotografia, o de melhor banda sonora e o prémio do público.
Como referenciar: Pedro Almodóvar in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-16 14:39:57]. Disponível na Internet: