Artigos de apoio

Pedro Kilkerry

Poeta brasileiro, Pedro Militão Kilkerry, nascido em 1885, em Salvador da Baía, e falecido na mesma cidade, em 1917, morreu sem ter visto ser publicada em vida nenhuma das suas obras, embora posteriormente tenha sido considerado um dos grandes nomes do simbolismo brasileiro.
Em 1913, fez o bacharelato em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito da Bahia. Nesta época, colaborava nas revistas Nova Cruzada, Os Anais, Via Láctea e A Voz do Povo e em jornais como A Tarde, A Gazeta do Povo e Jornal Moderno.
Entretanto, tornou-se advogado e escriturário.
Em 1917, depois de levar uma vida boémia, morreu na miséria vítima de tuberculose. Apesar da sua obra poética ter integrado o volume Panorama do Movimento Simbolista Brasileiro, uma recolha de Andrade Muricy, só em 1970, por iniciativa do poeta Augusto de Campos, o seu trabalho foi recuperado e publicado na obra ReVisão de Kilkerry. Este livro era composto por 36 poemas recolhidos nas revistas e jornais onde colaborou e garantiu-lhe o reconhecimento público que nunca conheceu em vida.
Como referenciar: Pedro Kilkerry in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-04-25 13:38:25]. Disponível na Internet: