physis

Por physis entende-se a substância física da qual todas as coisas eram feitas e também uma espécie de princípio interno organizador, isto é, a estrutura das coisas.
O primeiro fisiólogo foi Tales de Mileto. Phisys foi para os pré-socráticos a própria realidade enquanto algo primário, fundamental e permanente. Era a realidade básica, a substância fundamental, o princípio.
Segundo Anaximandro de Mileto, o princípio da physis (natureza) é o ápeiron (ilimitado). Para ele, o ápeiron ou physis, está em constante movimento, do que resultam opostos, tais como água e fogo, frio e calor, etc., que são no fundo os elementos constituintes do mundo. O ápeiron é algo que se pode considerar de abstrato e sem estabilidade e fixação em nenhum elemento palpável da natureza. Era também designado como o próprio processo de emergir, de nascer; era uma atividade que incluía o fundo do qual se precede.
Tudo se inicia e tudo retorna ao ápeiron, ao indefinido que, por sua vez, não foi criado, é eterno, imutável e criador de todas as coisas. Do ápeiron surgem substâncias opostas entre si. Quando uma prevalece sobre a outra, produz-se uma reação que vai conseguir estabelecer novamente o equilíbrio perdido.
Como referenciar: physis in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-17 05:47:53]. Disponível na Internet: