pilha ativa-passiva

Alguns metais e ligas tendem a tornar-se passivos devido à formação de uma película fina e aderente de óxido ou outro composto insolúvel nas suas superfícies. A passivação faz com que esses materiais funcionem como áreas catódicas. O ião cloreto e, em menor escala, o brometo e o iodeto destroem essa passivação ou impedem a sua formação. A destruição da passividade pelo ião cloreto não ocorre sobre toda a extensão da película, mas sim em pontos, talvez determinados por pequenas variações na estrutura e na espessura da película. Formam-se, então, pequenos pontos de metal ativo (ânodos) rodeados por grandes áreas de metal passivado (cátodos), originando uma diferença de potencial entre essas áreas da ordem dos 0,5 V. A pilha resultante é designada por pilha ativa-passiva.
Como referenciar: pilha ativa-passiva in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 05:38:30]. Disponível na Internet: