plano (cinema)

Unidade de expressão cinematográfica. Trata-se de um quadro ou aspeto do filme rodado sem interrupção. O filme resulta da combinação mais ou menos hábil dos vários planos que integram a ação. Costumam aparecer classificados da seguinte forma: plano de conjunto, se apanha um conjunto de figuras de corpo inteiro; plano geral, quando inclui uma figura humana ou qualquer outra na totalidade; plano americano, se apanha uma figura humana dos joelhos para cima; plano médio, se a figura humana aparece da cintura para cima; primeiro plano, se está só uma parte do corpo, por exemplo, o rosto; primeiríssimo plano quando aparece um pormenor de uma parte do corpo, por exemplo, os olhos; plano de pormenor, se há uma vista muito próxima de uma parte de qualquer figura. Para além desta classificação, que diz respeito à aproximação ou afastamento da câmara e que assume uma função plástica, há ainda a considerar os planos em função da sua mobilidade. Assim, há o plano fixo se a câmara tem uma posição fixa ainda que as figuras se movam; e os planos em movimento que, por sua vez, podem organizar os movimentos reais da câmara ou organizar a produção dos referidos movimentos como efeito aparente. Estes últimos são criados como efeito ótico através do zoom. Os movimentos reais referem-se à deslocação da câmara horizontalmente e em qualquer direção usando-se o travelling, ou sobre um suporte com rodas, o dolly, ou ainda verticalmente, para o que se usa a grua.
Como referenciar: plano (cinema) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-12 03:22:06]. Disponível na Internet: