plantas bienais

As plantas bienais são aquelas cujo ciclo de crescimento - que se inicia com a semente passando pela planta vegetativa e pela planta florescente até, de novo, ao estádio de semente - se completa em duas estações de crescimento. Durante o primeiro ano o desenvolvimento das plantas bienais está, geralmente, limitado à fase vegetativa. Tais plantas apresentam muitas vezes uma grande raiz aprumada, um caule relativamente pequeno e folhas grandes. A maior parte do azoto e produtos fotossintéticos formados durante esta fase vegetativa são acumulados na raiz. A beterraba e a cenoura são plantas bienais que são aproveitadas no fim da sua primeira estação de crescimento.
Durante o segundo ano de vida, as plantas bienais, em geral, iniciam a sua fase reprodutiva.
No início desta fase os nutrientes e produtos fotossintetizados armazenados na raiz, e os que vão sendo produzidos nas folhas, são mobilizados para as novas formações. Durante este processo ocorre a floração, a frutificação e a formação de semente. Finalmente, ocorre a morte da planta. São exemplo de plantas bienais a cenoura, a beterraba, a cebola, etc.
Nas regiões temperadas, as plantas bienais, raramente se tornam lenhosas, embora possa ocorrer crescimento secundário, tanto no caule como na raiz.
Como referenciar: plantas bienais in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-20 03:58:51]. Disponível na Internet: