Poesias Completas

Muitos dos traços do estilo de Ângelo de Lima, como as suspensões sintáticas, a maisculação de termos, o uso significante de vocábulos, o vago, têm uma afinidade com a estética paúlica e interseccionista, e até com estéticas precedentes, como a ultrarromântica e simbolista, pelo que as dificuldades de legibilidade levantadas pela poesia de Ângelo de Lima parecem decorrer menos de uma relação entre linguagem e loucura, do que de uma opção estética próxima do modernismo. Assim, para Fernando Guimarães, que organizou, em 1971, a primeira edição da sua obra, em Ângelo de Lima, "se a linguagem corre um risco, não é ainda o da sua destruição. Será o de se diversificar em múltiplos eixos que nos abrem o caminho para múltiplas leituras realizadas em torno do mesmo termo ou, até, do mesmo texto." (cf. GUIMARÃES, Fernando - introdução a Poesias Completas de Ângelo de Lima, Assírio e Alvim, 1991, p. 22).
Como referenciar: Poesias Completas in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-12-01 15:54:19]. Disponível na Internet: