polvo

Animal invertebrado do filo dos moluscos, da classe dos cefalópodes, da ordem dos octópodos e da família dos Octopídeos e de que existem cerca de cento e cinquenta espécies.
O polvo (Octopus vulgaris) é um molusco cefalópode com corpo em forma de saco portador de oito braços munidos de ventosas. Vive nas cavidades dos rochedos e alimenta-se de crustáceos e de moluscos.
A sua forma habitual de andar é uma forma de reptação. Avança apoiado nos braços, cujas ventosas se fixam nas pedras e outras rugosidades do fundo marinho. Também sabe nadar, impulsionando-se para trás expulsando violentamente a água pelo orifício do seu sifão, arrastando os tentáculos por detrás do corpo. Quando é inquietado por se sentir ameaçado, expele um esguicho de tinta que forma uma cortina protetora. Os polvos também podem mudar de cor para se adaptar à cor do meio ambiente. Em poucos minutos um polvo pode modificar-se e tornar-se invisível. As células denominadas cromatóforos dão a estes animais a sua coloração. Cada cromatóforo é um saco contráctil pela ação dos músculos que os rodeiam. Escondendo ou descobrindo por este modo as camadas profundas da sua epiderme, o cefalópode pode fazer variar a sua cor na totalidade ou por manchas, desde um amarelo uniforme até um branco irisado passando por todas as nuances de negro ao vermelho. O comprimento do polvo pode no total atingir os cem centímetros mas frequentemente não ultrapassa os sessenta centímetros. Os olhos do polvo são os mais aperfeiçoados dos invertebrados. Como nos vertebrados os olhos dos cefalópodes podem oscilar na sua órbita e estão providos de um cristalino que permite a focagem da imagem apercebida na retina. Contudo, os olhos, são formados por invaginações da superfície da cabeça e não por expansões nervosas do cérebro e a sua retina não é irrigada por vasos sanguíneos como os dos vertebrados. A acomodação é obtida por deslocação do cristalino e não por modificação do seu raio de curvatura. A nutrição do polvo é feita principalmente de caranguejos.
São seres bênticos que nadam só ocasionalmente. São predadores marinhos providos de tentáculos preênseis.
Como referenciar: polvo in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-30 05:15:38]. Disponível na Internet: