Ponte Romana de Vila Formosa

Localizada nas proximidades da vila alentejana de Alter do Chão, no distrito de Portalegre, está uma das mais notáveis pontes romanas do território português. Trata-se da ponte de Vila Formosa, lançada sobre a Ribeira de Seda e que ligava o eixo viário militar entre Lisboa e Mérida.
Cronologicamente, esta obra situa-se entre os séculos I e II d. C., e a sua planificação revela grande qualidade, quer em termos de solução de engenharia, quer ainda pela sua beleza artística.
Com efeito, a sólida ponte está construída em robusta cantaria aparelhada e almofadada, revelando um simétrico equilíbrio e uma indesmentível beleza entre as suas várias partes. Estruturalmente, ela é composta por seis arcos de volta perfeita com 33 aduelas - todos iguais entre si e registando um diâmetro por arco de 8,95 metros -, alternando com cinco olhais porticados.
O comprimento total do seu tabuleiro alcança cerca de 117 metros, atingindo a sua altura máxima 8,40 metros, medida entre as guardas de pedra e a superfície do leito da ribeira.
Como referenciar: Ponte Romana de Vila Formosa in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-22 02:49:14]. Disponível na Internet: