ponto de inflamação

As substâncias combustíveis usadas nos laboratórios de química possuem características bastante específicas. Para compreender o seu comportamento perante uma fonte de aquecimento ou em contacto com o oxigénio do ar, devem ser definidos previamente certos indicadores de temperatura, característicos dos combustíveis líquidos. Um desses indicadores é o ponto de inflamação.
Designa-se por ponto de inflamação ou "flash point" a temperatura mínima à qual os vapores libertados se inflamam na presença de uma chama, apagando-se de seguida, uma vez que existem quantidades de vapores insuficientes para estimular a combustão.
Nos alcanos que possuem até nove átomos de carbono, como ocorre por exemplo na gasolina, o ponto de inflamação encontra-se entre -55 ºC e -25 ºC. A gasolina é, portanto, altamente explosiva à temperatura ambiente. Uma só faísca é suficiente para que se dê a explosão da mistura de gás que se forma sobre a gasolina.
Pelo contrário, os alcanos com cadeias de quinze a vinte átomos de carbono possuem um ponto de inflamação entre 55 ºC e 100 ºC. A essas temperaturas formam-se, neste caso, vapores com uma concentração tão elevada que podem explodir com uma faísca.

Como referenciar: ponto de inflamação in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-17 19:25:33]. Disponível na Internet: