Port-au-Prince


Aspetos Geográficos
Capital e maior cidade do Haiti, Port-au-Prince situa-se numa baía do golfo de Gonaives, no centro-sul da ilha. Constitui também um importante porto. Possui cerca de 1 277 000 habitantes (2006).

História e Monumentos No final do século XV, a região onde se situa a cidade estava sob controlo dos ameríndios. Com a chegada dos espanhóis, os ameríndios foram forçados a formar um protetorado. Depois de a região ter sido assaltada várias vezes, a colónia espanhola decidiu, em 1606, abandonar a região, deixando-a à mercê dos piratas franceses. Os franceses fundaram a cidade em 1749, mas a mesma viria a ser destruída pelo fogo algumas vezes, para além de ter sido afetada por dois sismos, em 1751 e 1770. Em 1770, Port-au-Prince substituiu Cap-Français como capital da colónia de Santo Domingo, e em 1804 tornou-se capital do recém-independente Haiti. Os edifícios coloniais franceses do século XIX dominam a arquitetura da cidade, embora a catedral remonte ao século XVIII.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
A cidade possui uma configuração de anfiteatro: as áreas comerciais situam-se junto ao mar, enquanto as áreas residenciais se localizam nas colinas adjacentes. Entre os modernos edifícios da cidade, contam-se o da Universidade (datado de 1944) e o Instituto Técnico (de 1962). Ao nível dos museus, pode ser vista a representação da história do Haiti no Museu do Panteão Nacional, enquanto que aspetos da arte e da cultura da nação podem ser admirados no Museu de Arte Haitiana. Dos restantes monumentos, merecem ainda destaque a Catedral de Nossa Senhora (um edifício colonial), o Palácio Presidencial (reconstruído em 1918), o Arquivo Nacional e a Biblioteca Nacional. O turismo desempenha um papel significativo, embora seja irregular devido à instabilidade política e ao subdesenvolvimento.

Economia
Embora seja uma cidade pobre, à imagem do país, as suas principais indústrias são as da refinação de açúcar, farinha e óleo de sementes de algodão, têxteis, cimento e café. Apesar da instabilidade política, o turismo é também uma importante fonte de receitas. É servida pelo aeroporto internacional de Port-au-Prince.
Como referenciar: Port-au-Prince in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-19 17:20:28]. Disponível na Internet: