Portugal Fashion

O certame de moda Portugal Fashion surgiu, em 1995, por iniciativa da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), com sede no Porto, com o intuito de promover a moda nacional, dando a oportunidade a criadores e marcas de mostrarem os seus produtos. Para ganhar mais projeção mediática foi sempre política da organização convidar algumas das mais famosas top models internacionais. Assim, o certame ganhou grande notoriedade por ter trazido a Portugal alguns grandes nomes das passerelles internacionais, como Claudia Schiffer, Elle Macpherson e Linda Evangelista. Com tudo isso, ganharam os criadores portugueses que viram as suas roupas apreciadas por público nacional e estrangeiro a uma escala nunca antes verificada.
Das várias edições do evento é de relevar a primeira edição do Portugal Fashion. Chamada "Jovens à Moda do Porto", teve lugar na sede da ANJE, no Porto, em julho de 1995, e nela participaram as top models Claudia Schiffer, Elle Macpherson, Carla Bruni e Helena Christensen, que passaram roupa de José António Tenente, Nuno Gama, Luís Buchinho e José Carlos, entre outros criadores portugueses. A comunicação social internacional esteve atenta ao que se passava e deslocaram-se a Portugal equipas de reportagem das revistas Vogue, Elle e Hola ou de canais televisivos como a MTV ou a CNN.
A segunda edição deste evento, agendada para finais de setembro de 1996 e com a presença de Valeria Mazza, Claudia Schiffer, Eva Herzigova e Mark Vanderloo, ficou marcada por uma surpresa desagradável, já que o segundo desfile teve de ser adiado devido a um incêndio que entretanto deflagrou no Coliseu do Porto. Um mês depois o resto do show "O Porto Está na Moda" teve lugar no Palácio de Cristal. Por fim, a edição do ano 2000, repartida entre o Coliseu, palco da gala de abertura, e a Alfândega do Porto, revelou uma importante mudança na estratégia dos organizadores, já que o chamariz do certame passou a ser a moda nacional, deixando para trás o tempo em que eram as top models que centravam as atenções.
Entretanto, foi criado o Portugal Fashion Internacional, que tem por meta promover a internacionalização do setor têxtil e do vestuário português, reforçando a ideia de qualidade e design através da moda.
No seu primeiro ano de existência, em 1999, o Portugal Fashion Internacional constou de um desfile de moda em São Paulo.
Paralelamente, a marca Portugal Fashion tem aberto algumas lojas de roupa, como já aconteceu em Guimarães e na Póvoa de Varzim, e organiza shows para promover as roupas que lá estão à venda. Foi o caso de Matosinhos, em 2000, onde no desfile participou a manequim espanhola Esther Cañadas.
Como referenciar: Portugal Fashion in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-23 22:20:15]. Disponível na Internet: