pressão

A pressão é uma grandeza física, de símbolo P, definida como o quociente entre a intensidade da força que atua perpendicularmente à superfície (F) e a área dessa superfície (S).
Esta grandeza permite quantificar o efeito que as forças produzem nas superfícies dos corpos sobre os quais atuam.
A pressão exercida por uma força sobre uma superfície depende então da força que lhe é aplicada e da área dessa superfície. A pressão é diretamente proporcional à intensidade da força aplicada e inversamente proporcional à área da superfície. Por exemplo, uma pessoa enterra-se mais na areia quando está apoiada num só pé de que quando está apoiada com os dois. A justificação prende-se com o facto da área da superfície de apoio não ser a mesma nas duas situações, embora a força de pressão seja a mesma (peso da pessoa).
A unidade do Sistema Internacional de Unidades (S.I.) é o newton por metro quadrado, cujo símbolo é N/m2. Esta unidade é conhecida por pascal (Pa) em homenagem ao físico e matemático francês Blaise Pascal. Para além desta unidade, utilizam outras unidades dais quais se destacam: o bar, a atmosfera (atm), o milímetro de mercúrio (mm de Hg), o torr e os dines por centímetro quadrado (dyn/cm2).
Para a determinação da pressão utilizam-se barómetros, manómetros e vacuómetros.
O conceito de pressão explica diversas situações da vida corrente como é o caso dos cintos de segurança e dos capacetes dos motociclistas.
No caso dos cintos de segurança, estes vão permitir que o efeito da força de colisão diminua.
No caso dos capacetes, a força de colisão é distribuída por uma superfície maior, diminuindo a pressão.
Como referenciar: pressão in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-24 21:00:14]. Disponível na Internet: