Primavera de Praga

Nome por que se costuma designar a tentativa de liberalização e democratização do sistema sociopolítico da Checoslováquia verificada na década de 60. Teve o seu início em 1967, com uma revolta de intelectuais que reclamavam liberdade de expressão. Em 1968 o programa de liberalização começou a ser implantado à luz de uma nova Constituição. Em agosto desse ano, as forças do Pacto de Varsóvia invadiram a Checoslováquia e entraram em Praga com o objetivo de pôr fim ao movimento. As reformas foram controladas, o primeiro-ministro Alexander Dubcek preso e os seus homens afastados do poder.
Como referenciar: Porto Editora – Primavera de Praga na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-06-14 04:21:58]. Disponível em