profecia autocumpridora

Para Robert Merton, "a Profecia Antocumpridora é, inicialmente, uma falsa definição da situação, evocando um novo comportamento que torna verdadeira a conceção originalmente falsa". Um estudo para demonstrar esta tese foi realizado, nos anos 60, pelos pesquisadores Rosenthal e Jacobson, que selecionaram, sem qualquer critério, 20% das crianças de escolas de S. Francisco, na Califórnia. As respetivas autoridades escolares e os professores foram informados de que essas crianças, apesar de "fracassos", eram intelectualmente promissoras e tinham grandes hipóteses de sucesso escolar. Passado algum tempo essas crianças já tinham conseguido bons resultados escolares, não pelas suas capacidades ou empenho, equivalentes aos demais alunos, mas porque os professores e a escola lhes prestaram mais atenção e lhes demonstraram ter mais expectativas sobre os seus resultados. Os professores aceitaram a informação falsa induzida pelos pesquisadores sem questionar nem verificar se correspondia à realidade, antes adotando um tipo de comportamento que fez com que as noções falsas se tornassem verdadeiras. O que aconteceu aqui com valores positivos para as pessoas pode acontecer muitas vezes com valores negativos. Robert Merton demonstrou que isso acontecia com as crenças e atitudes racistas de brancos em relação aos negros, que tinha o efeito negativo de "auto-hipnose" junto da comunidade negra, que passava a acreditar que era mesmo inferior. Segundo Merton, é muito difícil romper o "ciclo autocumpridor". Os negros, por exemplo, no caso anteriormente citado, apesar de possuírem características valorizadas pelos brancos, os seus comportamentos são sempre tidos como reprováveis. Merton deu ainda o exemplo de qualidades universais, como a aplicação e a perseverança, que quando são atribuídas a judeus ou a nipónicos, por parte de pessoas que contra elas mantêm preconceitos, são considerados sinais de uma "mentalidade exploradora" pelos brancos, que transformam as suas virtudes nos defeitos dos "outros" que por serem diferentes estão sempre errados.
Como referenciar: Porto Editora – profecia autocumpridora na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-07 12:26:05]. Disponível em