propriedades coligativas de soluções de não-eletrólitos

As propriedades coligativas de soluções são todas as propriedades das soluções que só dependem da concentração de soluto presentes na solução. Por outras palavras, estas variações são dependentes do número de partículas do soluto e independentes da sua natureza química.
Convém referir que, no caso de substâncias que sofrem dissociação em solução, a grandeza das propriedades coligativas é aumentada em virtude da dissociação acarretar um aumento da concentração das partículas.
São exemplos de propriedades coligativas a diminuição da pressão de vapor de um líquido, a elevação do ponto de ebulição (ebuliometria), o abaixamento do ponto de fusão (crioscopia) e a pressão osmótica. Verifica-se que a pressão de vapor em equilíbrio com a solução é tanto menor quanto maior for a concentração do soluto.
A elevação do ponto de ebulição não é igual para todos os solventes, pois depende da natureza do solvente, mas não da natureza do soluto, pois é uma propriedade coligativa.
A diminuição do ponto de fusão de uma solução num dado solvente e a pressão osmótica são, igualmente, propriedades coligativas pelo que dependem unicamente da natureza do solvente e são independentes do soluto.

Como referenciar: propriedades coligativas de soluções de não-eletrólitos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-22 00:20:10]. Disponível na Internet: