Artigos de apoio

prosódia
Estudo da dimensão suprassegmental da fala humana, no que diz respeito à manipulação dos parâmetros acústicos da frequência fundamental ou F0 (tom e entoação, primeira frequência produzida na glote), da intensidade (pressão acústica do sinal; medida em decibéis - dB) e da duração (realização dos segmentos de fala por um fator temporal; medida em segundos). Outros estudiosos de Prosódia consideram ainda outros fatores, como a energia (medida da integral da intensidade pelo tempo) e os formantes (frequências que se acrescentam à F0 e que caracterizam os sons vozeados).
As dimensões mais importantes para a prosódia do Português são o acento e a entoação. O Português é uma língua acentual, porque utiliza as diferenças de posição do acento nas palavras para distinguir significados (ex: <cópia> / <copia>). O acento em Português manifesta-se através de um aumento de intensidade associado à duração de uma sílaba. Em outras línguas, ditas línguas tonais, como muitas línguas orientais, são as diferenças de tom (de frequência fundamental dentro da sílaba) que são responsáveis pelas distinções de significado, como se pode ver neste exemplo do Tailandês:


A entoação é uma flutuação da curva da frequência fundamental ao nível da frase, que é responsável em Português pela distinção de intenções comunicativas e expressivas. Assim, uma frase do tipo declarativo distingue-se de uma de tipo interrogativo ou exclamativo devido a alterações da entoação (curva a vermelho):



Figura 1: Frase Declarativa: "Sim".



Figura 2: Frase Interrogativa: "Sim?"



Figura 3: Frase Exclamativa (alegria): "Sim!"

Outras línguas utilizam a duração como parâmetro prosódico distintivo, como era o caso do latim, em que a distinção entre vogais longas/ breves era responsável, por exemplo, pela diferença de caso das palavras (rosă - nominativo de rosa/ rosā - ablativo de rosa). O italiano utiliza contrastes de durações entre consoantes com impacto na duração das vogais anteriores a essas consoantes (ex: <caminno> - caminho/ <camino> - chaminé; <callo> - calo/ <calo> - descida; <accetto> - aceito/ <aceto> - vinagre).
O foco e a ênfase são processos em que a prosódia se associa à sintaxe e à semântica de um segmento linguístico com vista a destacá-lo no contexto da frase. Correspondem normalmente a uma aumento de intensidade, frequência fundamental e duração de uma determinada sílaba, palavra ou expressão. Nas figuras seguintes, podemos ver diferentes focos na frase "A Joana foi ao cinema". Na figura 4, o foco recaiu sobre o sujeito "a Joana", na figura 5 o foco recaiu sobre a palavra "cinema":



Figura 4: A JOANA foi ao cinema.



Figura 5: A Joana foi ao CINEMA.

A Prosódia foi durante muito tempo uma área de estudo dependente da fonologia, na medida em que alterações de entoação, ao nível da frase, ou de acento, ao nível da palavra, representavam oposições distintivas de significado. Recentemente, com o progressivo interesse de outras ciências da linguagem, como o processamento computacional da fala (síntese da fala e reconhecimento de voz) e como a psicologia e a neurolinguística, a prosódia tem-se tornado uma área científica autónoma, ainda que muito interdisciplinar, como é demonstrável pela realização de congressos e reuniões científicas apenas dedicadas à temática da prosódia, bem como pelas publicações de trabalhos científicos sobre este tema. As principais linhas de investigação que têm sido levadas a cabo em prosódia são as seguintes:

• Acento, foco, ênfase e proeminência
• Tom, entoação e prosódia na música
• Fonologia e fonética da prosódia
• Prosódia e qualidade da voz
• Estrutura temporal e estudo das durações na fala, no discurso e no diálogo
• Interação entre sintaxe, semântica, pragmática e estruturas prosódicas
• Informações para-linguísticas e não linguísticas na prosódia
• Controlo da prosódia para síntese da fala com alta qualidade e expressividade
• Análise, modelação e geração computacional da prosódia
• Prosódia na tecnologia da fala
• Anotação prosódica e corpora
• Prosódia na compreensão e reconhecimento da fala
• Distúrbios prosódicos da fala, fisiologia e patologia da prosódia
• Prosódia das emoções e expressividade
• Prosódia e perceção

Como referenciar: prosódia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-03-27 07:41:38]. Disponível na Internet: