Proteídeos

Família de anfíbios, da ordem dos urodelos, constituída por seis espécies e apenas dois géneros: o género Proteus europeu e o género Necturus norte-americano.
Apresentam o corpo deprimido, a cauda com uma barbatana membranosa. Algumas formas larvares são permanentes e têm capacidade de reprodução (neotemia). Estas formas têm sido classificadas no género Panguineus apresentando três pares de brânquias e dois pares de fendas branquiais. Os géneros Proteus e Necturus são pulmonados. Apresentam duas filas de dentes na mandíbula superior e uma fileira na mandíbula inferior. Têm habitat aquático. O género Necturus, denominados necturos americanos (Necturus maculosos), e o género Proteus, denominados proteus que vivem no sudoeste da Europa em águas subterrâneas de grutas profundas, podem atingir um comprimento entre os 32 e 42 centímetros. Os necturos são de cor cinzenta ou castanha com manchas negras. Alimentam-se de pequenos peixes e invertebrados. O acasalamento ocorre no outono e os ovos, de 18 a 180, são postos em maio ou junho em ninhos. Os ovos aderem individualmente uns aos outros por pedúnculos gelatinosos e à superfície superior de pedras e são guardados pela fêmea. As larvas eclodem ao fim de 5 a 9 semanas.
Os proteus (Proteus anguineus) não são pigmentados e têm olhos debaixo da pele.
Como referenciar: Proteídeos in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-26 07:24:02]. Disponível na Internet: