psilofitíneas

Divisão de plantas vasculares, que inclui as mais simples, principalmente porque não possuem raízes e, muitas espécies, não têm folhas evidentes. A sua classificação num grupo separado é controversa, pois há cientistas que consideram estas plantas como pteridófitas simplificadas. Estão representadas por dois géneros vivos, o Psilotum e o Tmesipteris, distribuídos por cerca de 17 espécies.
As psilofitíneas (Psilotales) encontram-se nas regiões tropicais a subtropicais.
Frequentemente epífitos, as psilofitíneas não apresentam raízes, fixando-se através de caules subterrâneos. Os caules aéreos são eretos ou pendentes, glabros, simples ou dicotomicamente ramificados.
As folhas são rudimentares ou estão ausentes. São plantas homospóricas. Os esporângios ocorrem em grupos de dois ou três. Os gametófitos são subterrâneos.
As plantas do género Psilotum possuem esporófito aéreo que se ramifica dicotomicamente, com pequenas saliências em forma de escama e uma porção subterrânea que constitui um rizoma com rizoides e ao qual se fixam fungos simbióticos. Os esporos formam-se em esporângios associados em grupos de três, que se encontram na extremidade dos pequenos ramos laterais. A germinação dos esporos origina gametófitos semelhantes ao rizoma. Os anterozoides são multiflagelados e necessitam de água para nadar até à oosfera.
Os esporângios associam-se em grupos de três, com uma folha bífida na base.
Os exemplares do género Psilotum encontram-se na América do Norte, Ásia e ilhas do Pacífico. Habitam solos ricos em húmus, podendo ser epífitos.
As plantas do género Tmesipteris são essencialmente epífitos que crescem sobre fetos arborescentes e outras plantas. Morfologicamente são idênticas às plantas do género Psilotum, mas os seus caules não se ramificam ou apresentam uma só divisão dicotómica e os seus apêndices são mais semelhantes a folhas. Os esporângios encontram-se na zonas superior da planta, associados aos pares.
As espécies do género Tmesipteris encontram-se na Austrália, Nova Zelândia e outras ilhas do Pacífico Sul.
Como referenciar: Porto Editora – psilofitíneas na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-01-28 15:48:20]. Disponível em