pupa

Nas metamorfoses completas, como as dos anfíbios, equinodermes, anelídeos, moluscos, a maioria dos crustáceos e em muitos insetos, a larva transforma-se em adulto sem passar por uma fase de inatividade e sem parar de se alimentar. Nas metamorfoses incompletas, características de muitos insetos e alguns crustáceos (percebes), a larva, antes de atingir o seu máximo desenvolvimento, passa por um período de inatividade, fase que é denominada ninfa ou pupa.
A pupa (termo utilizado de preferência para os dípteros, sendo para os lepidópteros mais usado o termo crisálida) ou ninfa, como se designa mais geralmente, é o estado intermediário de repouso entre a larva e o inseto perfeito ou imago.
A ninfa ou pupa deixa de comer, a maior parte das vezes imobiliza-se e, em muitas espécies, encerra-se no interior de um casulo. Durante esta fase, têm lugar diversos processos histológicos e histogénicos, que originam o organismo adulto ou imago.
Como referenciar: pupa in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-21 13:59:15]. Disponível na Internet: