Pyongyang


Aspetos Geográficos
Capital e maior cidade da Coreia do Norte, Pyongyang situa-se no Sudoeste do país, junto ao rio Taedong, a 87 km da embocadura da baía da Coreia. Fica numa planície rodeada por montanhas a nordeste. Possui cerca de 2 700 000 habitantes (2006).

História e Monumentos Com base em lendas, a cidade foi fundada inicialmente em 1122 a. C., sendo considerada a mais antiga da Coreia. Mais tarde, a cidade tornou-se local de residência das tropas e colonos chineses, que a batizaram de Lolang em 108 a. C. e a controlaram durante cerca de 400 anos. Veio a ser capital de um reino independente, já com o nome atual, entre 427 e 668 d. C. Depois da ocupação japonesa da Coreia (entre 1905 e 1945), tornou-se a capital da Coreia do Norte comunista, em 1948, dois anos depois de se ter separado da província de Pyongyang do sul. Foi fortemente bombardeada durante a Guerra da Coreia (1950-1953) e teve de ser praticamente toda reconstruída depois dos milhares de bombas lançadas pelos americanos. Essa reconstrução processou-se com a ajuda soviética, o que ficou marcado na sua arquitetura.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
A cidade possui largas avenidas, ladeadas de árvores, com muitos parques e espaços abertos, mas com pouco tráfego motorizado. Entre os seus pontos de maior interesse, merecem destaque o Museu da Revolução Coreana, os Túmulos dos Heróis Revolucionários e o Arco do Triunfo (construído em mármore e em granito, com 60 metros de altura, é uma réplica ainda maior do de Paris). Merecem ainda uma visita a Torre Juche (com 170 metros de altura, construída para comemorar os 70 anos de Kim Il-Sung) e o Grande Palácio de Estudos do Povo, uma biblioteca gigante com um arquivo de mais de 30 milhões de livros. Todos os anos a cidade acolhe um festival internacional de cinema.


Economia
É o centro económico e cultural do país. É responsável por mais de um quarto da produção industrial do país, principalmente ferro e aço, maquinaria e têxteis. Aloja também importantes organismos educativos, culturais e de ciência (incluindo novas tecnologias). É servida pelo aeroporto internacional de Sunan.
Como referenciar: Pyongyang in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-24 18:37:38]. Disponível na Internet: