Quarteto em Cy

Grupo vocal brasileiro formado em 1964, no Rio de Janeiro, Brasil. Quatro irmãs baianas com formação em canto, Cylene, Cynara, Cyva e Cybele, mudaram-se para o Rio de Janeiro na década de 60, à procura de uma oportunidade para seguirem o sonho de cantar profissionalmente. Nessa cidade, conhecem Carlos Lyra e Vinicius de Moraes e é deles a autoria do nome para o quarteto. Começando a atuar com regularidade nas casas noturnas cariocas, em alguns casos ao lado de Vinicius e de Dorival Caymmi, as quatro cantoras despertaram alguma curiosidade do meio artístico, ao ponto de gravarem o primeiro registo, de título homónimo, em 1964. A relação com Vinicius e Caymmi seria mantida com regularidade nas gravações seguintes do quarteto. Em 1966, Cylene é substituída por Regina Werneck e o grupo parte para os Estados Unidos, conseguindo algumas atuações em programas televisivos e gravando um longa-duração em inglês. Um ano mais tarde, regressariam à terra do Tio Sam para, com o nome The Girls From Bahia, se apresentarem em auditórios de universidades e casinos, com um repertório preenchido por canções americanas e alguns temas de Tom Jobim, com as letras mudadas para inglês. Outro disco nessa língua é gravado nesse ano e o quarteto participa no Andy Williams Show, na época um dos mais badalados programas televisivos dos Estados Unidos. A saída de Cynara e Cybele do grupo (para atuarem como dueto, pouco depois) levaria à integração de Symiramis e Sonia, antes de nova digressão na América. O grupo cessaria as suas atividades em 1970, regressando, dois anos depois, com outro alinhamento: Cyva, Cynara, Sonia e Dorinha Tapajós. Com esse alinhamento e sob a direção artística de Luís Cláudio Ramos, gravaria cinco álbuns até 1980, altura em que Cybele voltou, substituindo Dorinha. Essa formação manter-se-ia por mais de vinte anos.

Mantendo uma intensa atividade, tanto nos palcos como em estúdio, o quarteto passaria por diversos países europeus, a Ásia (Japão) e a América Latina. Em 1997, seriam agraciadas com o prémio Sharp na categoria de Melhor Grupo Vocal. Por essa altura, o quarteto mantinha uma colaboração regular com o conjunto MPB-4. Em 2004, por ocasião das celebrações dos quarenta anos de carreira, o Quarteto em Cy apresentou-se no lotado Teatro Rival, no Rio de Janeiro, com uma banda formada pelos músicos Kiko Furtado, João Faria, João Cortez e Chico Faria.

Discografia 1964, Quarteto em Cy
1965, Quarteto em Cy
1965, Vinicius, Baden & Quarteto em Cy - Afrosambas
1965, Vinicius, Caymmi & Quarteto em Cy
1965, Quarteto em Cy
1965, And Roses and Roses
1967, Pardon My English
1967, Marré de Cy
1968, Revolucion Con Brasilia
1968, Em Cy Maior
1972, Quarteto em Cy
1977, Resistindo
1978, Querelas do Brasil
1978, Cobra de Vidro (com MPB-4)
1979, Em 1000 Kilohertz
1980, Flicts
1980, Quarteto em Cy Interpreta
1982, Caminhos Cruzados
1983, Pontos de Luz
1991, Chico em Cy
1992, Bossa em Cy
1993, Vinicius em Cy
1994, Tempo a Artista
1996, Brasil em Cy
1997, Bate-Boca (com MPB-4)
1999, Somos Todos Iguais (com MPB-4)
1999, Gil e Caetano em Cy
2000, Vinicius - A Arte do Encontro (com MPB-4)
2001, Falando de Amor pra Vinicius (com Luís Cláudio Ramos)
2001, Hora da Criança
2002, Quarteto em Cy (Ao Vivo)
2004, 40 Anos
2006, Fina Flor
Como referenciar: Quarteto em Cy in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-20 17:03:50]. Disponível na Internet: