Queens of the Stone Age

Banda rock norte-americana, formada nos finais da década de 90 do século XX, por Josh Homme. Em 1995, o vocalista Homme trabalhou com uma série de músicos, entre os quais Matt Cameron dos Soundgarden, Mike Johnson dos Dinosaur Jr. e Van Conner dos Trees. Este coletivo acabou por produzir e gravar uma série de singles sob o nome de Gamma Ray, que Homme, mais tarde, acabaria por alterar para Queens of the Stone Age, chamando Alfredo Hernandez para a bateria e Dave Catching para as teclas. Esta nova formação acabaria por ser descendente direta de uma anterior banda, os Kyuss, pois o baixista, Nick Oliveri juntar-se-ia mais tarde à banda.
Em 1998 editaram o primeiro álbum, homónimo, muito bem recebido pela crítica e aclamado por uma recém formada legião de fãs por todo o Mundo. Lançaram, em junho de 2000, o seu segundo álbum, R., composto por 11 temas que pairam entre o rock, momentos pop e um soft hardcore, sendo uma clara evocação de sons da pop sem, no entanto, trair as origens mais radicais da banda.
Após o lançamento do álbum, a banda lançou-se numa longa digressão, ora fazendo as primeiras partes dos concertos de bandas como os Smashing Pumpkins ou os Red Hot Chili Peppers, ora fazendo parte do cartaz de inúmeros festivais como o de Reading (Inglaterra) ou o Rock in Rio, realizado no Rio de Janeiro em 2001.
Em agosto de 2002, a banda regressou com novo álbum de originais, Songs for the Deaf, que reuniu a aclamação de publicações musicais de referência como o "New Musical Express", "Mojo" e "Uncut".
Como referenciar: Queens of the Stone Age in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-19 10:43:36]. Disponível na Internet: