quetzal

Designação de aves da família dos Trogonídeos. Aves como o quetzal (Pharomachrus antisianus) são consideradas como os mais belos seres do mundo alado. De tamanho semelhante a uma rola é, nas zonas superiores, de cor verde-esmeralda, com penas acolchoadas e longas nas espáduas, que caem tapando-lhes as asas. O bico é curto e forte e a cabeça é rematada por um vistoso penacho. No peito e no ventre destaca-se o seu tom carmesim enquanto as coberturas das alares e as asas são de cor azulada de chumbo. A fêmea tem a cabeça de cor castanha e, geralmente, é um pouco mais escura que o macho. As penas externas da cauda são escuras e o bico, tal como no macho, é de cor negra. Vive nas altas e densas selvas da América do Sul, alimentando-se de frutos, sementes, lagartos e cobras. É arborícola. Os quetzais têm o comprimento total de 33 centímetros. Nidificam em buracos e fendas de árvores e aproveitam por vezes velhos ninhos. Os ninhos quando feitos pelo quetzal são em madeira carcomida porque a estrutura dos seu bico não lhes permite perfurar árvores sãs. Tanto o macho como a fêmea tomam parte na construção do ninho, dando bicadas e tirando larvas até obterem uma cavidade com cerca de 18 centímetros de diâmetro na entrada e uma profundidade de cerca de 35 centímetros. A postura é de dois a três ovos, raramente quatro. A incubação dura de 17 a 18 dias. Os juvenis nascem cegos e nus, e durante as duas primeiras semanas são alimentados pelos pais com insetos. A partir da segunda semana a alimentação começa a ser mais variada. Os juvenis abandonam o ninho com um mês de idade.
O quetzal é considerado a mais resplandecente ave que vive na América Central. É o emblema nacional da Guatemala.
Como referenciar: Porto Editora – quetzal na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-21 07:01:46]. Disponível em