Rádio Comercial

A estação radiofónica Rádio Comercial foi criada em 1979, no seio da Radiodifusão Portuguesa. A Rádio Comercial, que nasceu após uma grande reorganização interna na RDP, passou a aceitar publicidade e entrou assim em concorrência direta com os operadores privados.
Logo no início dos anos 80, a Comercial, como também era conhecida, conquistou grandes audiências, cativando principalmente o público jovem. Para tal, ajudou uma melhor qualidade de som, facultada pelo recurso a emissões em FM- Estéreo.
Alguns dos programas desta emissora entraram para a história da rádio em Portugal, como foi o caso do "Som da frente", de António Sérgio, "Rock em Stock", de Luís Filipe Barros, "TNT - Todos no Top", de Jorge Pego, e "Discoteca", de Adelino Gonçalves. A Comercial fez uma forte aposta na música, que era intercalada, hora a hora, por pequenos e ligeiros noticiários. No entanto, com a concorrência das inúmeras rádios privadas que apareceram em Portugal em finais da década de 80, a Comercial perdeu audiências e entrou numa fase de decadência.
Houve outra remodelação na RDP e a Comercial foi privatizada, tendo sido vendida pelo Estado ao grupo do jornal Correio da Manhã. Mas nem assim as audiências foram recuperadas e este grupo acabou por negociar a estação como a Lusomundo em setembro de 1994.
A Rádio Comercial tornou-se pioneira em marketing em Portugal ao fazer um grande estudo sobre as preferências dos ouvintes, que originou uma significativa remodelação do estilo da estação em 1998. Passou, assim, a ser a Rádio Comercial, Rádio Rock, mudança que trouxe quase de imediato resultados práticos uma vez que dois anos depois era já a segunda emissora mais ouvida em Portugal.
Para tal, contribuíram locutores da nova vaga, como Fernado Alvim, Vanda Miranda e Nuno Markl, e outros recuperados à Comercial do passado, como António Sérgio. Nos seus programas surgiram rubricas de sucesso como "O Homem que Mordeu o Cão".
A Comercial é ainda suportada por um site na Internet, que ganhou uma série de prémios. O primeiro foi atribuído pelo portal Sapo, mas houve outros provenientes de países como os Estados Unidos da América e a Nova Zelândia.
Como referenciar: Rádio Comercial in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-18 04:45:16]. Disponível na Internet: