rappel

Técnica utilizada no montanhismo, na escalada, na espeleologia ou em trabalhos de altura, que permite a um praticante descer uma pendente (parede ou rocha) vertical, ou de elevada inclinação, utilizando uma corda e um aparelho descensor, normalmente um "oito". É muita antiga e foi desenvolvida pelos montanhistas, que após a ascensão de um cume e perante a dificuldade em descê-lo pelos mesmos meios, utilizavam uma corda que passava por baixo de uma perna, em frente ao peito e, finalmente, por cima do ombro do lado contrário à perna, que funcionava como travão. Ao longo do tempo foram desenvolvidos vários aparelhos descensores, que funcionam por fricção, sendo o "oito" o mais conhecido. No início, o rappel era uma manobra de recurso ou um meio auxiliar de descida, mas hoje em dia, pelo prazer que proporciona, é utilizado na descida de pontes, paredes rochosas ou edifícios, sendo encarado como um desporto. O rappel torna-se particularmente atrativo quando a parede não é vertical, ou seja, quando tem uma inclinação positiva (base mais larga) ou negativa (base mais estreita), em que o praticante fica apenas pendurado pela corda sem qualquer contacto com a parede ou a rocha.
Como referenciar: rappel in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-13 05:34:58]. Disponível na Internet: