recetor (linguística)

No ato de comunicação, o recetor ou destinatário é aquele que recebe a mensagem. Tem por função descodificar a mensagem, ou seja, que o próprio comportamento do destinatário tenha sido afetado por ela. Receber a mensagem não implica compreendê-la, embora isso, muitas vezes, fosse desejável. Quando a comunicação está centrada no recetor, procurando agir sobre a sua vontade, dizemos que a função da linguagem é a apelativa.
O recetor é um dos seis fatores linguísticos no processo de comunicação, definidos em correspondência com as funções da linguagem. Os outros elementos são o emissor ou destinador (o que emite ou envia a mensagem, que a codifica, ou seja, formula a sua mensagem num código); a mensagem (o objeto da comunicação, o conteúdo das informações transmitidas); o canal de comunicação (o meio ou via de circulação por onde passam as mensagens); o código (conjunto de signos e regras que permitem a construção da mensagem); o referente (constituído pelos objetos reais aos quais a mensagem diz respeito, o contexto e a situação para os quais a mensagem remete).
Como referenciar: recetor (linguística) in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-22 02:03:04]. Disponível na Internet: