redes de comunicação de dados

Com o aparecimento do computador surgiu também a necessidade de troca de informação entre máquinas, em contraste com o telefone, em que os elementos nos extremos da comunicação são seres humanos. Começaram, então, a desenvolver-se as redes de comunicação de dados (digitais), que são redes em que a informação circula sob a forma binária (bits). É que, sendo os computadores máquinas que manipulam informação na forma binária, as redes digitais são adequadas à transferência de informação entre estas máquinas.
As redes de comunicação de dados, também vulgarmente designadas por redes de computadores, têm-se desenvolvido a um ritmo acentuado, sobretudo devido aos avanços nas áreas da microeletrónica e da informática, sendo hoje imprescindíveis em praticamente todas as áreas de atividade. Estas redes disponibilizam aos utilizadores um conjunto de vantagens que as tornam atrativas. Entre outras, podem destacar-se a possibilidade de acesso a computadores remotos, o uso e a partilha de recursos diversificados e/ou dispendiosos, o acesso a informação e a facilidade de transferência de dados.
Estas redes podem ser classificadas em três grupos, conforme as suas características e finalidades: LANs (Local Area Network - Rede Local de Computadores), MANs (Metropolitan Area Network - Rede Metropolitana de Computadores) e WANs (Wide Area Network - Rede de Grandes Áreas). As LANs são redes usadas em áreas pequenas (tipicamente um edifício ou conjunto de edifícios) e operam a velocidades elevadas (da ordem das dezenas de Mbit/s). As MANs são usadas em áreas mais alargadas (por exemplo, uma cidade) e operam a velocidades da ordem das várias dezenas ou das centenas de Mbit/s. As WANs são redes que abrangem áreas muito vastas (por exemplo, um país) e operam a baixas velocidades (ordem dos kbit/s), limitadas sobretudo pelos recursos de transmissão que utilizam (rede telefónica, na maior parte dos casos). As redes de comunicação funcionam com base em protocolos de comunicação.
É também possível estabelecer a comunicação entre dois computadores através da rede telefónica analógica, sendo para isso necessário o uso de modems. Estes são dispositivos que transformam os sinais digitais do computador em sinais (analógicos) adequados à transmissão pela rede telefónica analógica e vice-versa.
A voz humana pode ser transmitida por meio de sistemas digitais através da conversão analógico-digital e vice-versa. O sinal analógico, que é fornecido pelo microfone, é amostrado a uma cadência constante; a cada amostra corresponde um valor que traduz a amplitude do sinal no instante em que essa amostra foi colhida. Estes valores são agora transmitidos sob a forma de bits. Para conversações telefónicas as amostras são codificadas com 8 bits e colhidas à taxa de oito mil por segundo.
Como referenciar: redes de comunicação de dados in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-24 19:18:09]. Disponível na Internet: