Regatas de Oxford e Cambridge

Os vestígios mais antigos de regatas conhecidos remontam à cidade de Veneza, onde há registos de competições oficiais desde 1315. As regatas surgiram mais tarde em Inglaterra, em 1715, no rio Tamisa, e foram incorporadas pela primeira vez nos Jogos Olímpicos em 1900. Entre as mais famosas regatas do Mundo estão as disputadas desde 1829 entre as equipas das Universidades de Oxford e Cambridge. Na atualidade, esta regata disputada por dois shell de oito (ou oito em pontas) tem lugar em Londres, entre Henley e Hambledon Lock, no rio Tamisa, ao longo de um percurso de 6838 metros (pouco mais de quatro milhas).
Outras regatas famosas são as de Harvard-Yale e Califórnia-Washington, nos Estados Unidos, as de Frankfurt e Berlim, na Alemanha, as de Orio e Banyoles, em Espanha, e as de Ontário, no Canadá. Este tipo de competição em velocidade entre embarcações a remo de banco móvel é também disputada em regatas de ioles, embarcações mais largas e sólidas do que as canoas, e em mar aberto realizam-se provas de banco fixo em embarcações do tipo traineira ou bote, que têm origem nos barcos de pesca. Esta modalidade desportiva na sua versão de competição teve origem em 1856, data em que surgiu também o primeiro clube mundial de canoagem, em Inglaterra.
Como referenciar: Regatas de Oxford e Cambridge in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-22 05:28:30]. Disponível na Internet: