Artigos de apoio

Retalhos da Vida de um Médico
Obra literária de Fernando Namora que ganhou o Prémio Vértice. A primeira série foi publicada em 1949 e a segunda em 1963.
Retalhos da Vida de um Médico constitui um documento social da primeira metade do século XX, desenvolvendo-se em volta da vida de um médico de aldeia, por pequenas terras provincianas do Sul de Portugal. Mostra as dificuldades que o clínico (narrador de primeira pessoa) enfrenta para ser aceite pela população local, habituada a charlatães, crendices e superstições. O médico depara-se com a maneira simples de viver dos aldeões, subdesenvolvidos e subalimentados e com a sua desconfiança e avareza. A estas realidades, reage ora com ironia, ora com dúvida, ora com cansaço.
A estrutura da obra é feita por "retalhos", ou seja, de forma fragmentária, sem preocupação de sequência cronológica. É considerada uma obra mista, a nível de géneros literários, pois apresenta vários: a autobiografia, o conto, o diário, o apontamento breve do quotidiano, as memórias.
O livro foi adaptado não só para cinema, com título homónimo, sob realização de Jorge Brum do Canto, em 1962, como também para série televisiva, em 1980, esta sob direção de Artur Ramos e Jaime Silva.
Como referenciar: Retalhos da Vida de um Médico in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-12-13 20:26:17]. Disponível na Internet: