Revolta de Katanga

Entre 1960 e 1962, as Nações Unidas empurraram o território de Katanga para a dominação do Congo, ficando sob a alçada do Estado-fantoche do Congo Central, atualmente designado por República do Zaire. A desculpa para este ato foi o argumento de que pretendiam preservar a lei e a ordem neste local, colocado sob a virtual proteção do Congo, que o afastaria dos caminhos do comunismo,
Esta província tentou libertar-se do Congo na década de 60, aproveitando a independência do Congo Belga. Contudo, o Governo rebelde foi exterminado com o final do conflito, após três anos de guerra. Em 1993 este Estado declarou a sua autonomia pela voz da União dos Republicanos Federalistas Independentes (UFERI), mas, no entanto, não obteve qualquer resposta do Zaire. O Estado de Katanga parece ter ganho alguma autonomia nos nossos dias, se bem que esta seja limitada.
Como referenciar: Revolta de Katanga in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-16 13:13:41]. Disponível na Internet: