Richard Arkwright

Inventor e industrial inglês, nasceu a 23 de outubro de 1732, em Preston, Lancanshire, sendo elemento de uma família pobre. Mesmo assim, conseguiu ter alguma educação, pois aprendeu a ler e a escrever com um primo.
Na adolescência, tornou-se aprendiz de barbeiro e, mais tarde, começou a trabalhar por conta própria. Depois lançou-se no fabrico de cabeleiras postiças. Passou a viajar muito pela Grã-Bretanha à procura de cabelos para as cabeleiras. Numa dessas incursões conheceu John Kay, que tinha acabado de inventar um aparelho de fiação destinado à indústria têxtil, que estava em franca evolução. Arkwright ficou impressionado com a máquina e, em 1767, decidiu contratar Kay para lhe construir uma. Alugaram uma casa isolada para o efeito. Devido aos ruídos que saíam da casa, chegaram a ser acusados de prática de feitiçaria.
A nova máquina produzia uma linha muito mais forte do que qualquer outra na época, para além de ser capaz de tecer 128 fios de cada vez. Além disso, não necessitava de um trabalhador especializado para a operar. Contudo, as dimensões do aparelho de fiação levavam a que fosse impossível operá-lo manualmente. Arkwright tentou usar a força de cavalos, mas também tal se revelou impraticável. Assim, optou, já em 1769, por fazê-lo trabalhar com a força da água. Dois anos mais tarde, juntamente com dois sócios, montou uma fábrica têxtil nas margens do rio Derwent em Cromford, na região de Derbyshire. A ideia era aproveitar a força das águas do rio, escolhido por nunca gelar, para pôr a trabalhar os aparelhos de fiação, todos projetados por Arkwright.
Como no local não havia população suficiente para fornecer trabalhadores para a fábrica, mandou construir casas para albergar as famílias de operários que chamou de toda a região. O inventor e industrial chegou a ter 1900 trabalhadores ao serviço na fábrica, dois terços dos quais crianças, uma situação normal para a época. Era ainda conhecido por tratar bem os trabalhadores. Enquanto as crianças trabalhavam na fábrica no processo de fiação, os homens ficavam em casa a transformar o fio em peças de roupa. Este método levou a que Arkwright fosse o primeiro a criar com sucesso um sistema de produção em massa, que viria ser copiado em todo o mundo. Foi um marco no desenvolvimento da Revolução Industrial.
O seu desejo de alargar o negócio a outras terras levou a que se separasse dos sócios. Mas acabou por ter sucesso na expansão, construindo uma série de fábricas no norte de Inglaterra e também na Escócia.
Quando morreu, a 3 de agosto de 1792, era já milionário e tinha sido ordenado cavaleiro do reino.
Como referenciar: Richard Arkwright in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-21 07:10:50]. Disponível na Internet: