rinoceronte

É um mamífero perissodáctilo da família dos Rinocerotídeos, que comporta cinco espécies de animais grandes, com o corpo protegido por uma pele muito espessa e dura. A cabeça é muito longa e o lábio superior é fundido no rinoceronte-branco. Os olhos em posição lateral são muito pequenos. As orelhas de tamanho médio são algo pontiagudas. Os chifres dispõem-se sobre o focinho na região nasal. O primeiro chifre pode chegar a medir 1,5 metros, embora normalmente não ultrapasse um metro. O segundo chifre mais pequeno, em geral, não ultrapassa os 10 centímetros e situa-se atrás do primeiro chifre.

O rinoceronte-branco (Ceratotheriuns simum) é o maior de todos os rinocerontes com um comprimento próximo dos 5 metros e com um peso de 3000 a 4000 quilos. Alimenta-se de ervas e de vegetação arbustiva nas savanas africanas onde habita. Vive solitário ou em casal. A gestação oscila entre os 548 e 578 dias e a fêmea dá à luz uma só cria com um peso que oscila entre os 35 e 70 quilos. Os juvenis são parecidos com os pais, sem o pelo e os chifres desenvolvidos. Normalmente atingem a maturação sexual aos 5 anos, embora algumas fêmeas a atinjam aos três anos.
O rinoceronte-negro (Diceros bicornis) é também africano mas mais pequeno que o branco, oscilando o seu tamanho entre os 3 e 3,75 metros de comprimento. O seu peso em geral não ultrapassa as duas toneladas. O lábio superior do rinoceronte-negro é alongado e funciona como um pequeno dedo preensil, utilizado para apanhar folhas das árvores e arbustos.

A longevidade dos rinocerontes pode atingir os 40 a 50 anos.

As espécies asiáticas são: rinoceronte-indiano (Rhinoceros unicornis), o rinoceronte-de-Java (Rhinoceros sondaicus) e o rinoceronte-de-samatra (Dicerorhinus sumatrensis). Os rinocerontes asiáticos, com exceção do de Samatra, possuem um único chifre.


Como referenciar: rinoceronte in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-10 21:39:59]. Disponível na Internet: