Rio Âncora

Pequeno rio minhoto cuja nascente se situa na encosta oeste da serra de Arga. Após um percurso de cerca de 15 quilómetros, desagua diretamente no oceano Atlântico, junto a Vila Praia de Âncora. O escoamento total anual na foz do rio Âncora é de 98 hm3.
Do rio Âncora extraía-se ouro e estanho durante a ocupação romana, o que enriquecia a cidade.
Há uma lenda em que o Conde D. Pedro atribui o nome deste rio ao facto de o rei D. Ramiro II ter assassinado a rainha D. Urraca, no rio, atando-lhe uma âncora ao pescoço como castigo por adultério.
Como referenciar: Rio Âncora in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-26 22:17:36]. Disponível na Internet: