Rita Ribeiro

Popular atriz portuguesa nascida a 1 de dezembro de 1954, filha dos credenciados atores Fernando Curado Ribeiro e Maria José. Depois de uma breve experiência como manequim, tentou uma carreira musical integrando em 1978 o grupo feminino Cocktail. Mas foi como atriz que Rita começou a ganhar fama. Na década de 80, obteve relevo nos palcos do Teatro Adoque e surgiu na televisão em telenovelas como Origens (1983) e Palavras Cruzadas (1985). As suas primeiras incursões no cinema foram mal sucedidas: Saudades Para Dona Genciana (1986) e Querido Lilás (1988) foram fracassos a nível comercial e da crítica. No entanto, continuou a somar êxitos no teatro com Aqui Há Fantasmas (1987) e What Happened to Madalena Iglésias (1989), sendo que, com esta última peça, iniciou uma frutífera parceria com Filipe la Féria. Esta manteve-se com Passa por Mim no Rossio (1992), onde, entre outros quadros, interpretou magnificamente a figura de Laura Alves. Em 1999, somou novo êxito com a interpretação de Maria Callas, pela qual recebeu prémios de interpretação. Apesar disso, continuou a ser presença constante na televisão em telenovelas como Xica da Silva (1994) e Fúria de Viver (2002), e em telefilmes como Mustang (2000). Chegou mesmo a apresentar na TVI o programa de variedades Mas Que Rita Noite (1996), que teve, no entanto, vida efémera. Em 2002, foi uma das participantes do popular concurso Big Brother Famosos. Em 2004, fundou a Rita Curado Ribeiro Produções, tendo levado à cena um remake da peça Aqui Há Fantasmas.
Como referenciar: Rita Ribeiro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-20 20:03:14]. Disponível na Internet: