Robert Horvitz

Cientista norte-americano nascido a 8 de maio de 1947, em Chicago. Estudou e doutorou-se na Universidade de Harvard em 1974. Partindo do estudo dos genes já iniciado por Sydney Brenner através de uma minhoca microcópica (Caenorhabditis elegans), a Horvitz se deve a descoberta dos genes responsáveis pelo controlo da morte programada das células do nematode e a identificação de genes semelhantes no ser humano. Horvitz viu reconhecido o seu trabalho ao receber em 2002 o Prémio Nobel da Medicina, juntamente com Sydney Brenner e John E. Sulston, atribuído à descoberta dos genes que regulam o desenvolvimento dos órgãos e que são responsáveis pela morte programada das células.
Como referenciar: Porto Editora – Robert Horvitz na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-17 16:02:33]. Disponível em