rosário

O rosário é um utensílio muito antigo usado nas religiões orientais, tais como o budismo e o hinduísmo, para calcular o número de orações ou mantras repetidos nos rituais religiosos. Este costume foi adotado por todas as religiões do Livro, a hebraica, a cristã e a muçulmana, apesar de apresentarem características de pormenor diversas.
Elaborado a partir de materiais muito diversos, como rosas, pedras ou bocados de madeira, o rosário existe no Oriente desde tempos muito antigos e, para além de ser utilizado nos rituais de oração, é também utilizado para homenagear os visitantes.
Na Índia é muito antiga a representação da deusa Cali com uma grinalda de rosas, a sua japamala, ou rosário. Japa quer dizer recitação, ou seja, uma técnica de êxtase que consiste na repetição contínua e mecânica do nome da divindade ou de um mantra, o Om, uma fórmula sagrada de invocação da divindade. Tanto no Antigo Egito como na Arábia, existiam rosários que eram utilizados para a mesma técnica de repetição automática de sons e palavras, fórmulas mágicas que estabeleciam um contacto, uma ponte entre este mundo e o divino.
Apesar de, em algumas passagens da Bíblia, Cristo condenar aparentemente os rosários, ou mais concretamente a repetição de palavras da forma que os não-crentes praticavam, os rosários foram associados ao culto feminino da Virgem Maria. Maria era a "Rainha do Sagrado Rosário" e nos textos cristãos o Seu nome aparece muitas vezes ligado às rosas, seja "Coroa de Rosas" ou "Grinalda de Rosas", simbolizando o rosário. A tradição cristã indica S. Domingos de Gusmão, no século XIII, como o grande divulgador da versão cristã do rosário, cuja totalidade das contas representava sempre um número múltiplo de 10 ou 5. Atualmente, esta forma de oração a Nossa Senhora inclui 60 contas: cinco Pais-Nossos, cada um deles seguido de 10 Ave-Marias. Cada conjunto de um Pai-Nosso e 10 Ave-Marias é chamado de Mistério, sendo que cada um dos Mistérios representa um facto relevante da vida de Cristo. Os rosários do Tibete têm 108 contas, um número sagrado. Os rosários muçulmanos têm 99 contas, seguindo a tradição dos 99 nomes secretos de Alá, ou ainda 33 contas, divididas em três grupos de 11 contas. Existem rosários africanos elaborados a partir de dentes humanos.
Como referenciar: rosário in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-09 03:04:58]. Disponível na Internet: