S. Ponciano

Papa italiano, filho de Calpúrnio, nasceu em Roma e o seu papado, de 230 a 235, coincidiu ainda com o cisma de Hipólito.
São Ponciano presidiu ao sínodo que excomungou Orígenes e introduziu o uso do Dominus Vobiscum, do Canto dos Salmos e o Confiteor Deo.
Em 235 iniciou-se uma perseguição aos cristãos, ordenada pelo imperador Maximiano Trácio.
Crê-se que este papa foi, juntamente com Hipólito, enviado para as minas de sal da Sardenha, tendo a convivência no desterro acabado por os aliar. Deste modo, Ponciano renunciou à cadeira de São Pedro em benefício da comunidade cristã romana. Depois de falecerem, foram sepultados pelo papa Fabião nas catacumbas de São Calisto (Roma), cerca do ano 237.
Como referenciar: S. Ponciano in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-20 17:00:13]. Disponível na Internet: