Samuel Eto'o

Futebolista camaronês, nascido a 10 de março de 1981, em Nkon, nos Camarões, sagrou-se campeão europeu de clubes, na temporada 2005/06, ao serviço do Barcelona, de Espanha.
Quando tinha apenas 16 anos, Eto'o foi contratado pelo Real Madrid, de Espanha, um dos mais poderosos clubes do mundo. No entanto, dada a sua juventude e inexperiência no futebol profissional, foi emprestado ao Leganés, da segunda divisão.
Na temporada 1998/1999 passou a representar o Espanhol de Barcelona, da primeira divisão, de novo emprestado pelo Real Madrid, mas participou em poucos desafios. No final da época regressou a Madrid, para jogar no Real. Contudo, em 1999/2000 alinhou apenas em duas partidas, antes de ser novamente cedido, desta vez ao Maiorca, ainda a meio da temporada. Neste clube jogou regularmente e apontou seis golos até ao fim da época. Acabou por representar o Maiorca, que entretanto adquiriu metade do seu passe, durante mais quatro temporadas, nas quais marcou mais de cinquenta golos. Ao serviço deste clube conquistou em 2003 a Taça do Rei, depois de bater na final o Huelva. No verão de 2004, depois de muitas negociações entre o Real Madrid, o Maiorca e o Barcelona, este último clube contratou Eto'o por 24 milhões de euros. No Barcelona, sob a orientação do treinador holandês Frank Rijkaard, conquistou dois campeonatos de Espanha consecutivos, 2004/05 e 2005/06 (neste último foi também o melhor marcador com 26 golos), e a Liga dos Campeões, a mais importante competição europeia de clubes. Na final, em maio de 2006, frente ao Arsenal de Inglaterra, marcou um dos golos do Barcelona, que ganhou o jogo por 2-1. Nestas duas temporadas marcou mais de cinquenta golos pelo Barcelona.
Eto'o participou no Mundial de França de 1998, em representação dos Camarões, tendo sido o jogador mais novo da competição, com 17 anos. Quatro anos mais tarde, voltou a estar presente num Mundial, disputado no Japão e Coreia do Sul. Entretanto, havia participado no torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, que ganhou precisamente pela seleção dos Camarões. Também em 2000 conquistou a Taça das Nações Africanas, feito que repetiu em 2002.
Em 2003, 2004 e 2005 Samuel Eto'o foi eleito o melhor jogador africano do ano e, ainda em 2005, a FIFA elegeu-o o terceiro melhor jogador do mundo, atrás do vencedor Ronaldinho Gaúcho e de Frank Lampard.
Como referenciar: Samuel Eto'o in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-21 05:53:21]. Disponível na Internet: