Sandra de Sá

Cantora e compositora brasileira, Sandra Cristina Frederico de Sá nasceu no dia 27 de agosto de 1955, no Rio de Janeiro, Brasil. Filha de um baterista, Sandra habituou-se a frequentar os bailes de soul music do movimento Black Rio, durante a adolescência. Encantada com a música que escutava nessas festas, começou a aprender guitarra sozinha, partindo para as primeiras composições e concorrendo em alguns festivais estudantis. Estudou Psicologia a nível superior, mas abandonaria o curso após três anos, para seguir a carreira musical. O sonho começa a tornar-se real quando, em 1980, o cantor Leci Brandão gravou a sua composição "Morenando". Ainda nesse ano, no festival MPB, a sua canção "Demónio Colorido" chega ao lote de dez finalistas e consegue repercussão nacional. O primeiro longa-duração do seu percurso é editado também nesse ano. A esse, seguiram-se outras edições bem-sucedidas, empurrando Sandra de Sá para um protagonismo especial no seio da música brasileira. A sua interpretação de "Vale Tudo", canção de Tim Maia, é um êxito nacional no Brasil. Em 1984, o estouro mediático foi ainda maior com o tema "Enredo do Meu Samba", de Jorge Aragão e Ivone Lara, integrada na novela televisiva Partido Alto.

As edições seguintes ficaram marcadas, para além do sucesso comercial, por diversos convidados ilustres da música brasileira, como Djavan ou os Titãs. Sempre atenta às tradições e à modernidade, mantendo o interesse nos originais e nas versões, ficaria célebre a sua inesquecível interpretação de "Send Me to the Electric Chair", de Bessie Smith. Em 2004, por altura da comemoração de 25 anos de carreira, Sandra de Sá lança o primeiro CD ao vivo, Música Preta Brasileira, com participações especiais de Gabriel O Pensador, Alcione, Luciana Mello e Toni Garrido. A promoção do disco é extensa e passa pelos principais palcos do Brasil. Em 2006, estreou como atriz na série televisiva Antónia, sobre os fenómenos rap da periferia de São Paulo, uma produção independente do cineasta Fernando Meirelles. No mesmo ano, integrou um espetáculo na Alemanha, por ocasião do Campeonato do Mundo de Futebol, ao lado de Gilberto Gil e Margareth Menezes.

Discografia 1980, Demónio Colorido
1982, Sandra Sá
1983, Vale Tudo
1984, Sandra Sá
1985, Sandra de Sá
1986, Sandra Sá
1990, Sandra
1991, Lucky
1993, D'Sá
1994, Olhos Coloridos
1997, A Lua Sabe Quem Eu Sou
1998, Eu Sempre Fui Sincero, Você Sabe Muito Bem
1999, O Essencial de Sandra de Sá
2000, Momentos Que Marcam Demais
2002, Pare, Olhe, Escute
2004, Música Preta Brasileira

Como referenciar: Sandra de Sá in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-21 09:31:32]. Disponível na Internet: